Diopsídio e seus significados e propriedades

Diopsídio e seus significados e propriedades

O nome Diopsídio vem do grego, “deux” e “aspect”, por causa do duplo aspecto das faces de seu prisma quando ele é cristalizado. O diopsídio se encontra também “estrelado”, “chatoiant” e a variedade cromifera, gema proveniente essencialmente da Rússia é verde esmeralda. Uma jazida do Piémont produz uma variedade translucida ou opaca azul violetado, chamado de violane. Existe também uma variedade chatoiant, essencialmente negra apresentando um astérix em 4 lados chamado “black star” (estrela preta). A lavrovita é uma variedade verde de diopsidio vanadifero que provém da Rússia.

Este intrigante mineral é encontrado na África do Sul, na Áustria, na Birmânia, nos Estados Unidos, na Finlândia, na França, na Índia (variedade estrela), na Itália, na República do Malgache, no Sri Lanka, na Rússia (no Ural e no leste da Sibéria), em Madagascar, no Brasil, no Paquistão e na Suécia.

O Diopsídio piroxene faz parte da área de gemas e é formado de silicato de cálcio e magnésio. Também tem excelentes pleochroism, o que significa que ele pode ser visto de ângulos diferentes e parecem ter uma variedade de cores. O Diopsídio normalmente tem uma cor verde rico, que se parece um pouco translúcida sob a luz brilhante. As pedras têm uma cor verde-escuro são particularmente apreciados. Pedras preciosas Diopside são geralmente pequenas, como pedras que são cortadas no nível de dois quilates ou mais estão crescendo muito escuro. Isto é, porque a luz que tem a cor verde extingue-se quando cortada em dimensões superiores.

O Diopsídio tem uma avaliação da dureza de entre 5,5 a 6 na escala de Mohs, que é uma escala de dureza determinada por pedras que podem tornar arranhões nas superfícies dos outros. Adapta-se bem a uma variedade de jóias, mas também pode ser ligeiramente frágil. Pode ser cortado em ambos os sentidos, conforme necessário para fins de projeto. A estrutura de cristal de diopsídio é monoclínica, que tem como objectivo o eixo vertical da pedra é propenso a um eixo lateral, mas perpendicular ao outro.

Esta pedra mostra sua cor ideal quando cortada em uma forma oval ou circular. Qualquer pessoa que pretenda fazer uma pedra preciosa com um corte diopside atraente deve ser um cortador qualificado, a fim de trazer a riqueza de cores. Devido ao trabalho sensível envolvida na formação de diopside, apenas cerca de 10 por cento do material recolhido é tipicamente utilizado no produto acabado. Diopsídio tem poucos produtos minerais em excesso nele. Quando cortado corretamente, segurando um verde brilhante brilhante como uma esmeralda. 

É conhecida como a pedra do reconforto, mais forte que a turmalina verde, ele ajuda a repor as energias, a pensar positivo e a expulsar do espírito os pensamentos negativos e a não se influenciar com o negativo vindo do exterior. Ele traz consigo o reconforto nos desafios da vida.  Quem não precisa desses dois sentimentos, segurança e alegria? Todos nós, não é verdade? Portanto, não fique sem um Diopsídio. Além desses benefícios, esta pedra lhe dará, também, uma maior auto-estima e auto-confiança.

O Diopsídio nos estimula a fazer tudo com muita alegria e descontração. Ajuda-nos, ainda, a colocar nossas ideias em prática. Fisicamente, nos proporciona muita disposição.O Diopsídio é ótimo para aliviar dores musculares, fortalecer os músculos e equilibrar a temperatura corporal. 

É uma pedra de serviço, aumenta a compaixão, abrindo o seu coração para o sofrimento de outras pessoas e estilizando-o a servir o planeta por meio de um senso profundo de conexão com a Terra. Da parte espiritual, esta pedra ensina a humanidade e o ajuda a valorizar o que você realmente sente, seguir a intuição e a confiar na sua capacidade de sentir. È um agente de cura muito útil no caso de doenças psicológicas, esta pedra ensina a entender melhor quem o magoou no passado, levando-o gentilmente a tomar a iniciativa. Se você costuma sentir que lhe falta algo, mas não sabe muito bem o quê, o Diopsídio ajuda você a não sentir tanta falta disso e a valorizar mais que já tem.

Mentalmente, o Diopsídio é útil para a atividade criativa ou para os estudos acadêmicos, já que estimula as faculdades intelectuais e a arte da análise.

Tem sido utilizado há muito tempo para o apoio ao estudo da matemática. Emocionalmente, o Diopsídio é benéfico para aqueles que não conseguem extravasar a própria dor, pois ajuda na liberação dessa dor.

Se você se sente sobrecarregado com os problemas da vida, esta pedra ensina você a viver a vida com apreço e alegria.

Fisicamente, ele acelera a recuperação depois de uma cirurgia, trauma ou doença grave.

O Diopsídio preto está em sintonia com os chakras da raiz da Terra e com as corrente telúricas do planeta, levando-os a recuperar a harmonia e o equilíbrio. Esta pedra em tom verde fortalece a memória celular, ajuda em casos de debilidade física, restabelece o equilíbrio ácido-alcalino, ajuda os pulmões, a circulação, dores e espasmos musculares, estresse, para os rins e o coração. Em tom preto é útil para a cura da Terra ou para ajudar doentes terminais ou com males crônicos. O Diopsídio está conectado com criatividade e lógica, pode curar traumas e abrir o lado feminino do seu ser, para neutralizar os sentimentos de agressão. Diopsídio também tem sido utilizada para o tratamento de doenças físicas, tais como problemas de circulação, espasmos musculares, e problemas cardíacos e pulmonares.

FICHA TÉCNICA DO DIOPSÍDIO

Dureza: 5.0 à 6.5 Mohs

Origem: África do Sul, na Áustria, na Birmânia, nos Estados Unidos, na Finlândia, na França, na Índia (variedade estrela), na Itália, na República do Malgache, no Sri Lanka, na Rússia (no Ural e no leste da Sibéria), em Madagascar, no Brasil, no Paquistão e na Suécia

Signos: Gêmeos e virgem

Composição química: CaMg[Si2O6]

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Reconforto
  • Mágoas
  • Aceitação
  • Ferimentos na alma
  • Criatividade
  • Alegria
  • Estudos

Efeitos terapêuticos:

  • Circulação
  • Pulmão
  • Espasmos musculares
  • Dores
  • Problemas cardíacos