Kunzita e seus significados e propriedades

Kunzita e seus significados e propriedades

A Kunzita é uma variedade de espodumênio que deve seu nome ao mineralogista americano G.E.Kunz que a analisou primeiro em 1902. Esta pedra tem uma cor única devido ao manganês: rosa parme mais ou menos intenso segundo a orientação do cristal e a presença do magnésio. Foi constatado recentemente que “espodumênios” verdes provenientes do Afeganistão, anunciados como hiddenita (variedade cromifera verde do espodumênio), se tornavam rosas depois de alguns dias em exposição ao sol, na realidade eram kunzitas que depois de um “tratamento térmico” ou irradiação se tornavam verdes mas sem conter cromo e perdiam sua cor verde à claridade.

O nome espodumênio vem do grego e significa “cor de cinzas”, pois ele é sempre cinza, ainda que apresente o fenômeno de fosforescência onde ele emite luz na mesmo na obscuridade, isso após ter sido exposto aos raios ultravioletas da luz natural. E é chamada de trifana a variedade amarela ou incolor do espodumênio e a variedade verde do espodumênio é a hiddenita. A Kunzita é encontrada sobretudo no Brasil, no Afeganistão em particular no vale de Kunar na mina de Patroke que produziu desde 2007 kunzitas de cor rosa firme, na Birmânia, nos Estados Unidos, em Madagascar, no Paquistão. É muito usada em joalheria, a peça deve ser lapidada perpendicularmente ao eixo do cristal para reforçar sua cor e é necessário evitar expor as peças ao sol pois elas podem empalidecer e perder o rosa.

Conforme sua origem, certas kunzitas perdem muito rápido sua cor enquanto outras a conservam. Ela foi durante muito tempo confundida com a ametista por sua dureza e sua cor rosa mas apesar da sua fragilidade com a luz, ela é resistente aos ácidos e produtos de lavar louças, entretanto muito sensível aos choques e impactos por causa de seu clivagem frágil. É facilmente confundida com gemas de cor rosa como o quartzo rosa, a rubelita, a safira rosa. Ela pode ser imitada com vidros de cor, com dubletes, com corindon ou com espinélio sintético. O aquecimento, até 150°C. acentua sua cor meio castanha e violeta verde.

A Kunzita é uma pedra que evoca a ternura e a pureza tímida, que estimula o espírito durante o sono, provocando sonhos apaixonados. Ela reequilibra o mental, atenua as emoções durante um luto ou um castigo e é indicada às crianças turbulentas pois é uma pedra que acumula pouca energia negativa.

Na Ásia e no Noroeste da Europa ela vem sendo utilizada desde o século XVI como pedra preciosa e como talismã protetor símbolo de revivificação. A Kunzita é uma das pedras mais apreciadas e também uma das mais raras, por isso não figura entre as gemas mais tradicionais. Esta gema, que se destaca por sua cor rosada, às vezes lilás ou violeta clara,  já era conhecida dos gregos que a usavam como pára-raios, diante de perigos iminentes, contra doenças e perigos mágicos.Os gregos acreditavam, ainda, que a Kunzita reunia todos os poderes entre o céu e a Terra e transmitia a seu dono grande e verdadeiro amor.

Esta pedra tem um brilho vítreo e forma longos cristais prismáticos. Quando exposta por longo tempo ao Sol, a Kunzita perde um pouco de sua cor. Exposta aos raios X, torna-se verde mas, se depois disso, for aquecida a 200º, retoma sua cor original lembrando que quanto mais intensa for sua cor, mais a Kunzita é valorizada. A pedra mais valorizada foi encontrada em Governador Valadares, Minas Gerais: pesava mais de 7 quilos. A Kunzita pode ser encontrada também nos Estados Unidos, Myanmar e Madagascar, além do Brasil.

Terapeuticamente, a Kunzita é muito eficiente nos problemas de tireóide e regula as taxas hormonais. Com a Kunzita, o corpo é abastecido de mais sangue novo e oxigênio. É guardiã do coração e, colocada sob o travesseiro, elimina os medos e as inibições. A Kunzita ilumina a alma e ativa as funções espirituais aumentando a auto-estima, alivia as depressões,  para quem medita, a Kunzita cor de rosa atua sobre o chakra do coração fazendo com que a pessoa sinta um amor profundo e transmita essa sensação para todo o corpo. Já a Kunzita cor-de-violeta, quando colocada sobre o terceiro olho, experimenta-se uma consciência espiritual que  liga nossa consciência ao amor do coração, por isso esta pedra é indicada para quietude, amor, parceria, qualidade de vida, males da alma, pressão arterial alta, sangue, coração, tireóide, rins, gota, artrite,problemas com drogas e álcool.

A Kunzita vibra em uma frequência de cor que vai do rosa bem clarinho ao púrpura, é uma pedra transparente e possui grande quantidade de lítio (Li), o qual é muito usado na medicina  como estabilizadores de humor, sendo indicado para o tratamento do transtorno bipolar. Este é um cristal detentor de uma energia muito sutil e está ligado ao ao corpo átmico, ao Eu Superior, portanto sua atuação é nas questões do espírito criando um campo de proteção e refinando os sentimentos expandindo a energia amorosa do chakra cardíaco para os outros chakras.    

A Kunzita manifesta o estado maduro do coração quando este está equilibrado, aberto, desobstruído de mágoas e rancores, amoroso, compassivo, transformando inseguranças e inibições em atos de amor para que estas virtudes sejam expressões honestas para o mundo exterior. A Kunzita é a representação da perfeição e equilíbrio emocional interno, suas estrias são “caminhos” fáceis de deslocamento de energia a uma velocidade extremamente rápida, automaticamente elevando a vibração de quaisquer emoções, dissipando e dissolvendo energias mal qualificadas e inferiores. Sua coloração do rosa claro ao violáceo ajuda a criar um equilíbrio entre a mente (sétimo chakra/violeta) e o coração (chakra cardíaco/rosa) direcionando a energia do quarto para o sétimo chakra, transmutando padrões de pensamentos associados ao bloqueio emocional. 

A Kunzita é a pedra defensora dos fragilizados e podemos dizer que ela é a pedra que intercede por todos aqueles que estão sofrendo pressão psicológica e se sentindo minimizados perante ao seu/sua parceiro(a). Outro fator que essa pedra trabalha é respeito mútuo para com o seu parceiro(a), seja lá qual seja o seguimento de respeito, tanto matrimonial e até mesmo ao dirigir à palavra. A kunzita concede para aqueles que a usam: fidelidade ao casal,humildade,respeito,inspiração, delicadeza, sensibilidade e melhora o humor.

FICHA TÉCNICA DA KUNZITA

Dureza: 6.5 à 7.0 Mohs

Chakra: Quarto e Sétimo

Origem: Estados Unidos, Myanmar e Madagascar, além do Brasil

Signos: Peixes e Libra

Planeta: Marte, Vênus e Plutão

Composição química: LiAl[Si2O6] silicato de lítio e alumínio

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Transtorno bipolar
  • Depressão
  • Medos
  • Inibições
  • Autoamor
  • Fidelidade
  • Humildade
  • Respeito
  • Inspiração
  • Delicadeza
  • Sensibilidade
  • Bom humor
  • Calma
  • Qualidade de vida
  • Males da alma

Efeitos terapêuticos:

  • Pressão arterial alta
  • Sangue
  • Coração
  • Tireóide
  • Rins
  • Gota
  • Artrite
  • Problemas com drogas e álcool

Hiddenita e seus significados e propriedades

Hiddenita e seus significados e propriedades

O nome Hiddenita deriva do nome do geólogo norte-americano William Earl Hidden, descobridor deste cristal em 1897 na Carolina do Norte (EUA). Esta pedra não é muito comercializada na Europa, mas é muito popular nos EUA.

Suas cores não são sempre estáveis. Trata-se a variedade verde, colorida pelo cromo, o espodumênio que faz parte do grupo dos pyroxenos, bem que espodumênios verdes sem cromo são também chamados hiddenita.

Ela é ainda chamada “trifana” quando ela é incolor ou amarela e o espodumênio rosa violeta é a kunzita, o nome hiddenita sendo reservado aos espodumênios verdes.

A hiddenita é um cristal que nos conecta a outros mundos, possibilitando a transferência de conhecimento entre eles. Ela beneficia experiências intelectuais e emocionais, elimina o sentimento de fracasso e ajuda as pessoas que tem dificuldades em aceitar o apoio de outros.  

Exceto por sua cor, que é de um verde muito claro e suave, é muito semelhante à Kunzita.

Sua ação, também é semelhante à da Kunzita. Age como purificadora e nos problemas digestivos.

Essa pedra tem uma grande tendência ao calor e à estabilidade. Os antigos gregos a empregavam como pára-raios, para enfrentar perigos, poderes negros e moléstias.

A pedra hiddenita atua também ancorando o amor espiritual e nos apoiando em novos projetos e durante as fases mais difíceis da nossa vida.

No corpo físico, ela facilita os processos de cura,  fortalece a glândula timo e a região peitoral e é também muito indicada para os casos de problemas emocionais e estresse.

Tem poderes muito fortes sobre o sistema muscular e alivia dores reumáticas na nuca, pescoço e juntas. A água de Hiddenita fortalece a musculatura do coração e auxilia o fluxo sanguíneo. Protege contra o desgaste das juntas e artrite.

Traz mais alegrias de viver e sensação de equilíbrio. Elimina os problemas sexuais e também ativa a vida sexual de pessoas mais idosas. Protege contra depressões. Na meditação, ativa muito especialmente o coração, a alma e fortalece o amor e a amizade.

Jazidas em veios de hiddenita podem ser encontradas especialmente no Brasil (Minas Gerais, nas minas de Sapucaia e Minas Novas), República de Malgaxe, E.U.A.(Carolina do Norte, Califórnia) e Birmânia. Em Madagascar, no Afeganistão (Nuristan, Laghman e vale de Kunar).

Muitos espodumênios verdes chamados “hiddenita” perdem sua cor sob a luz : são as kunzitas queimadas para que se tornem verdes. Estas perdem seu verde artificial em alguns dias na luz pelo fato de não conterem o cromo, componente que estabiliza a cor verde nas gemas de hiddenita. Embora algumas kunzitas queimadas conservem sua cor verde.

O trabalho nesta pedra é muito delicado devido à sua clivagem perfeita (sensível à pressão). Devido ao seu pleocroísmo a mesa da pedra deve ficar perpendicular ao eixo principal. Frequentemente, a lapidação é em degraus, mas raramente em brilhante. Pode ser confundida com o berilo, crisoberilo, diopsídio, euclásio, esmeralda clara e turmalina verde.

Este é um cristal muito macio que traz calma, serenidade, confiança em si para enfrentar um exame, uma entrevista. Ajuda a superar os esforços, as dores emotivas, as emoções mal vividas. Tem uma ação benéfica sobre o sistema digestivo, os rins e a vesícula.

É um cristal muito indicado para pessoas que possuem tendência ou sofrem de depressões, perturbações psicossomáticas, perda da alegria de viver, falta da sensação de equilíbrio, falta de desejo sexual.

A Hiddenita reforça a ligação espiritual, iluminação, compaixão universal, transcendência e paz. É benéfica para os sistemas digestivos e de limpeza do organismo. Age na cura do curador.

FICHA TÉCNICA DA HIDDENITA

Chakra: Frontal

Signo: Virgem, Libra, Escorpião

Dureza: 6,5 – 7 Mohs

Composição: Silicato de Lítio e Alumínio

Origem: Brasil (Minas Gerais, nas minas de Sapucaia e Minas Novas), República de Malgaxe, E.U.A.(Carolina do Norte, Califórnia) e Birmânia. Em Madagascar, no Afeganistão (Nuristan, Laghman e vale de Kunar)

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Garante ligação espiritual
  • Compaixão universal
  • Paz
  • Iluminação
  • Limpeza
  • Alegria de viver
  • Sensação de equilíbrio

Efeitos terapêuticos:

  • Sistemas digestivos
  • Depressão
  • Doenças psicossomáticas
  • Estimula o desejo sexual
  • Coração
  • Músculos
  • Gota
  • Artrite
  • Nervos
  • Audição