Turmalina Melancia e seus significados e propriedades

A Turmalina Melancia é a combinação de energias que se amplificam e se equilibram mutuamente. Trata-se de uma Turmalina de duas cores, que reúne numa só pedra, as propriedades das turmalinas verde e rosa.

É uma pedra que nos ensina o significado da alegria, mesmo em momentos difíceis, ajudando-nos a realçar e a percepcionar a beleza em tudo o que se vive e experimenta. É uma poderosa ajuda contra o stress emocional. A sua energia é calmante e rapidamente alivia de um estado de zanga ou ressentimento.

Espiritualmente, a Turmalina Melancia fortalece a energia do coração, ajudando a gerar um poderoso campo de energia de Amor e Compaixão, essenciais para qualquer tipo de cura. Óptima para o emocional, pois ajuda nas crises de histeria e dramatismo, conduzindo essas energias a uma rápida acalmia e harmonização. Também recomendada para crianças hiperativas.

A Turmalina Melancia tem efeitos curativos sobre o nosso coração e sobre nossa circulação sangüínea, regulando os batimentos cardíacos. Ela é útil nos casos de exaustão, problemas reumáticos dos ossos e das juntas. Também têm propriedades muito liberadoras sobre os sentimentos de culpa e sobre melancolia. Elas ativam mais a alegria de viver, fazem-nos rir mais, libertam-nos de angústias antes de provas e de angústias existenciais em geral da vida cotidiana.

Na meditação, ela é uma pedra poderosa para o chakra do coração. Indicada para o fortalecimento do caráter, amizade, amor, feridas emocionais, sensação de culpa, melancolia, alegria de vida. Coração, circulação sangüínea, regulação do pulso, reumatismo, dentes, perturbações da digestão.

Uma espiral de cobre amplia e aumenta consideravelmente o poder da Turmalina Melancia. Este cristal beneficia a todos que se sentirem atraídos por ele.

A Turmalina melancia é muito popular na Índia. Nos tempos antigos, era muito apreciada pelos homens. Os índios usavam anéis e com esta pedra como um amuleto que pode aumentar a atratividade. Este tipo de Turmalina foi considerado como um afrodisíaco natural. Tão poderoso que as mulheres eram proibidas de usar a sua influência para não se tornarem muito sedutoras e irrestritas.

Todos os cristais hemimórficos são piezoeléctricos e frequentemente também piroelétricos. Quando aquecidos, os cristais da turmalina tornam-se carregados electricamente – positivamente numa extremidade e negativamente na outra, tal como uma bateria. Devido a este efeito os cristais de turmalina em colecções podem apresentar uma camada de pó pouco recomendável quando exibidos sob luzes que produzam muito calor. As propriedades eléctricas pouco comuns da turmalina tornaram-na famosa no século XVIII.

Os minerais do grupo da turmalina constituem um dos mais complexos grupos de minerais de silicato quanto à sua composição química, sendo todos eles ciclossilicatos. Trata-se de um conjunto de minerais de silicato de boro e alumínio, cuja composição é muito variável devido às substituições isomórficas (em solução sólida) que podem ocorrer na sua estrutura. Os elementos que mais comumente participam nestas substituições são o ferro, o magnésio, o sódio, o cálcio e o lítio existindo outros elementos que podem também ocorrer.

As turmalinas em geral apresentam uma grande variedade de cores. Geralmente as turmalinas ricas em ferro vão desde o preto ou preto-azulado ao castanho escuro; aquelas ricas em magnésio são castanhas a amarelas e as turmalinas ricas em lítio apresentam-se praticamente em todas as cores do arco-íris, azul, verde, vermelho, amarelo ou cor-de-rosa etc. Muito raramente são incolores. Os cristais bicoloridos e multicoloridos são relativamente comuns, refletindo variações da composição do fluido durante a cristalização. Os cristais podem ser verdes numa extremidade e cor-de-rosa na outra ou verdes no exterior com interior cor-de-rosa (este último tipo é por vezes chamado turmalina melancia).

A variedade mais comum de turmalina é a schorl, descrita pela primeira vez por Johannes Mathesius em 1524. Estima-se que possa corresponder a 95% ou mais de toda a turmalina existente na natureza. O significado da palavra schorl é um mistério tratando-se talvez de uma palavra de origem escandinava.

Gemas de turmalina, vivamente coloridas, provenientes de Sri Lanka, foram trazidas para a Europa em grandes quantidades pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, para satisfazer a sua procura como objecto de curiosidade e como gema. Nessa altura não se sabia que a schorl e a turmalina eram o mesmo mineral.

A Turmalina tem clivagem prismática boa e pobre clivagem romboédrica. A sua fractura é subconchoidal a regular. Tem dureza 7-7.5 e o seu peso específico é de 2.9-3.2, a densidade é mais elevada nas espécies portadoras de ferro. Vai de transparente a opaca com lustre vítreo, por vezes resinoso em espécimes escuros.

A turmalina cristaliza no sistema trigonal e apresenta-se geralmente sob a forma de cristais de longos e delgados a prismáticos e colunares grossos geralmente com secção triangular. Um fato interessante é que as terminações dos cristais são assimétricas (hemimorfismo).

Os cristais prismáticos delgados são comuns num granito de grão fino chamado aplito frequentemente formando um padrão radial. A turmalina é distinguida pelos seus prismas de três faces; nenhum outro mineral comum apresenta três faces. Os prismas têm frequentemente estriações verticais bem marcadas que produzem um efeito triangular arredondado. A turmalina é muito raramente euédrica. Uma excepção eram as dravites de Yinnietharra, Austrália ocidental. O depósito foi descoberto nos anos 70 mas infelizmente encontra-se já esgotado.

VEJA TAMBÉM:

Turmalina Negra

Turmalina Azul

Turmalina Verde

Turmalina Rosa

FICHA TÉCNICA DA TURMALINA MELANCIA

Chakra: Sexto, quinto, quarto

Planeta: Vênus

Mês: Outubro

Origem:  Brasil, Paquistão e África

Signo: Câncer, Libra, Escorpião e Capricórnio

Profissões: Eletricista, Minerador, Garimpeiro, Telefonista

Dureza: 7-7-5  Mohs

Composição:  Na(Li1.5,Al1.5Al6Si6O18(BO3)3(OH)4

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Altera a estrutura celular
  • Mudança dos conceitos rígidos
  • Expansão da Consciência
  • Elimina os estigmas sociais internalizados na personalidade
  • Elimina a compreensão distorcida da realidade
  • Elimina os comportamentos fanáticos
  • Harmoniza os papéis masculino e feminino do ser humano
  • Ajuda a eliminar a intolerância, a culpa, o conflito interno

Efeitos terapêuticos:

  • Melhora o metabolismo e todas as funções endócrinas (glândulas)
  • Nos sensitivos ajuda a focar diretamente as projeções curativas
  • Desobstrui e descongestiona a energia vital
  • Previne e complementa o tratamento do câncer.
  • Melhora a irritabilidade, a insônia
  • Ajuda na resolução de sintomas físicos como aftas, úlceras bucais, boca amarga
  • Sensação de ardor ao urinar, muitas vezes associada com hematúria (sangue na urina)
  • Epistaxes (sangramento nasal)

Turmalina Azul e seus significados e propriedades

Turmalina Azul e seus significados e propriedades

A Turmalina Azul também conhecida como Elbaite, são muito raras e podem ser ricas em lítio, sódio e alumínio. Elas têm basicamente a mesma qualidade da turmalina verde, vermelha ou Melancia, embora produza benefícios para a parte superior do tronco, o sistema pulmonar e o sistema imunológico. Se você se sente mais atraído pela Turmalina Azul do que pelas outras Turmalinas é melhor seguir sua intuição. Alguns acreditam que essa pedra tem uma natureza religiosa e que seu propósito é o de ensinar a espiritualidade a cada um. Por isso é conhecida como pedra da boa conversa e da negociação.

Há muito tempo que a turmalina é usada tanto por cientistas quanto por metafísicos. A Turmalina Azul é muito rara, o que a torna uma peça cara no mercado tanto por sua raridade quanto por suas propriedades curativas que têm atraído cada vez mais a atenção de quem quer que esteja buscando por um estilo de vida mais saudável e equilibrado.

A Turmalina Azul retira do usuário os elementos que causam problemas específicos e dissipa os efeitos da energia negativa na existência das pessoas. Traz clareza e calma, o que ajuda o corpo a viver sem tensões. No sentido espiritual, ajuda-nos a ganhar um conhecimento mais equilibrado do propósito da existência. Ela não dá respostas, mas é capaz de trazer luz informações estarrecedoras ou por vezes dolorosas.  Em comparação com outras pedras, as Turmalinas em geral têm uma propriedade única e curiosa que talvez explique o seu poder de concentração: Quando aquecido, um cristal de Turmalina desenvolve cargas elétricas  opostas em suas extremidades.

Todos os cristais hemimórficos são piezoeléctricos e frequentemente também piroelétricos. Quando aquecidos, os cristais da turmalina tornam-se carregados eletricamente – positivamente numa extremidade e negativamente na outra, tal como uma bateria. Devido a este efeito os cristais de turmalina em coleções podem apresentar uma camada de pó pouco recomendável quando exibidos sob luzes que produzam muito calor. As propriedades eléctricas pouco comuns da turmalina tornaram-na famosa no século XVIII.

As Turmalinas Azuis têm propriedades curativas sobre nosso pulmões e sobre os órgãos da respiração, bem como sobre o cérebro. Ela promove uma melhor simbiose do pulmão e da troca dos gases e o abastecimento do oxigênio. Na psique, as Turmalinas Azuis propiciam mais autonomia e capacidade de se desembaraçar de complicações, agilidade no trato de negócios e capacidade de pensar empresarialmente. Na meditação, ajuda a dinamizar os processos criativos e nos proporciona paz, equilíbrio e purificação.

É uma pedra muito indicada para quem necessita desenvolver o pensamento empresarial, independência, auto-expressão, confiança em si mesmo. No corpo físico ela trabalha nos órgãos da respiração, pulmões, brônquios, alivia a dificuldade de audição e perturbações da concentração, cérebro, sistema nervoso, acalma a mente perturbada.

A Turmalina Azul é encontrada com mais frequência no Brasil, Paquistão e África.

Os minerais do grupo da turmalina constituem um dos mais complexos grupos de minerais de silicato quanto à sua composição química, sendo todos eles ciclossilicatos. Trata-se de um conjunto de minerais de silicato de boro e alumínio, cuja composição é muito variável devido às substituições isomórficas (em solução sólida) que podem ocorrer na sua estrutura. Os elementos que mais comumente participam nestas substituições são o ferro, o magnésio, o sódio, o cálcio e o lítio existindo outros elementos que podem também ocorrer.

As turmalinas em geral apresentam uma grande variedade de cores. Geralmente as turmalinas ricas em ferro vão desde o preto ou preto-azulado ao castanho escuro; aquelas ricas em magnésio são castanhas a amarelas e as turmalinas ricas em lítio apresentam-se praticamente em todas as cores do arco-íris, azul, verde, vermelho, amarelo ou cor-de-rosa etc. Muito raramente são incolores. Os cristais bicoloridos e multicoloridos são relativamente comuns, refletindo variações da composição do fluido durante a cristalização. Os cristais podem ser verdes numa extremidade e cor-de-rosa na outra ou verdes no exterior com interior cor-de-rosa (este último tipo é por vezes chamado turmalina melancia).

A variedade mais comum de turmalina é a schorl, descrita pela primeira vez por Johannes Mathesius em 1524. Estima-se que possa corresponder a 95% ou mais de toda a turmalina existente na natureza. O significado da palavra schorl é um mistério tratando-se talvez de uma palavra de origem escandinava.

Gemas de turmalina, vivamente coloridas, provenientes de Sri Lanka, foram trazidas para a Europa em grandes quantidades pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, para satisfazer a sua procura como objecto de curiosidade e como gema. Nessa altura não se sabia que a schorl e a turmalina eram o mesmo mineral.

A Turmalina tem clivagem prismática boa e pobre clivagem romboédrica. A sua fractura é subconchoidal a regular. Tem dureza 7-7.5 e o seu peso específico é de 2.9-3.2, a densidade é mais elevada nas espécies portadoras de ferro. Vai de transparente a opaca com lustre vítreo, por vezes resinoso em espécimes escuros.

A turmalina cristaliza no sistema trigonal e apresenta-se geralmente sob a forma de cristais de longos e delgados a prismáticos e colunares grossos geralmente com secção triangular. Um fato interessante é que as terminações dos cristais são assimétricas (hemimorfismo).

Os cristais prismáticos delgados são comuns num granito de grão fino chamado aplito frequentemente formando um padrão radial. A turmalina é distinguida pelos seus prismas de três faces; nenhum outro mineral comum apresenta três faces. Os prismas têm frequentemente estriações verticais bem marcadas que produzem um efeito triangular arredondado. A turmalina é muito raramente euédrica. Uma excepção eram as dravites de Yinnietharra, Austrália ocidental. O depósito foi descoberto nos anos 70 mas infelizmente encontra-se já esgotado.

VEJA TAMBÉM:

Turmalina Negra

Turmalina Verde

Turmalina Rosa

Turmalina Melancia

FICHA TÉCNICA DA TURMALINA AZUL

Chakra: Sexto, quinto, quarto

Planeta: Vênus

Mês: Outubro

Origem:  Brasil, Paquistão e África

Signo: Câncer, Libra, Escorpião e Capricórnio

Profissões: Eletricista, Minerador, Garimpeiro, Telefonista

Dureza: 7-7-5  Mohs

Composição:  Na(Li1.5,Al1.5Al6Si6O18(BO3)3(OH)4

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Autonomia
  • Capacidade de se desembaraçar de complicações
  • Agilidade no trato de negócios
  • Capacidade de pensar empresarialmente
  • Dinamiza os processos criativos
  • Proporciona paz
  • Equilíbrio
  • Purificação
  • Proteção
  • Empreendedorismo
  • Independência
  • Auto-expressão
  • Confiança em si mesmo

Efeitos terapêuticos:

  • Órgãos da respiração
  • Pulmões
  • Brônquios
  • Alivia a dificuldade de audição
  • Alivia perturbações da concentração
  • Cérebro
  • sistema nervoso
  • Acalma a mente perturbada
  • Simbiose

Calcedônia e seus significados e propriedades

calcedonia e seus significados e propriedades

Propriedades e significados da Calcedônia-  A calcedônia é uma variedade de quartzo. É encontrada tanto no Brasil quanto na Namíbia, Índia, Estados Unidos,  Áustria, República Checa, Islândia, México, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, Turquia e Rússia. As jazidas mais antigas encontram-se na Grécia e seu nome deriva, provavelmente, da cidade de Chalkedon, no Bósforo – estreito que liga o Mar Negro ao Mar de Mármara. Sua beleza é tão intensa que os tibetanos a comparavam com a beleza da flor de lótus, que protege da fraqueza, da insatisfação e da melancolia.

O nome desta pedra designa um grupo de minerais nos quais encontramos pedras bem conhecidas como a cornalina, a pedra Mosha, onix, Pedra do Sangue (bloodstone), aventurina, ágatas, crisoprásio, sardonyx etc…. A primeira referência conhecida da calcedônia foi feita por Plínio o Velho na obra Naturalis Historia. Esta pedra foi encontrada no palácio de Knossos e em Creta, em selos datando de 1800 anos a.c.. Sabemos que esta pedra era usada na zona do Mediterrâneo na Idade do Bronze.

Este cristal forma-se a partir de barras paralelas de quartzo, possuindo um brilho encerado e formando bandas coloridas. Encontra-se numa variedade de cores: azul-branco, amarelo, bronze claro, azul, alfazema, rosa, branco, vermelho ou castanho. Nas florestas petrificadas do deserto do sudoeste americano, em muitas árvores o tecido original foi substituído por calcedônia na formação de madeira petrificada, formando réplicas das árvores originais com cores extraordinárias. Alguns belos exemplares destas árvores podem ser vistos no Parque Nacional da Floresta Petrificada do Arizona. Esta pedra era considerada sagrada pelos nativos índios norte-americanos, que a usavam nas cerimônias sagradas, para promover a estabilidade.

A calcedônia ocorre numa grande variedade de cores, estas por sua vez, estão diretamente ligadas às suas propriedades metafísicas. Embora no geral, a calcedônia é uma poderosa pedra de limpeza das energias negativas, dissipando-as e promovendo o sentimento de união, de generosidade e de boa vontade. Segundo a Tradição, esta pedra é capaz de fazer superar a tristeza e a depressão, levando a pessoa a ver uma solução disponível quando tudo parecia perdido, ela dá força para continuar . É uma pedra de conforto. Diz se que, se sussurramos as nossas tristezas a uma calcedônia e a seguir a colocarmos numa tigela com água à Luz da Lua, a tristeza irá desaparecer e o desgosto da pessoa será lavado. A calcedônia é também uma pedra de nutrição, encorajando a harmonia, a benevolência ,a generosidade e também a humildade.

Aumenta o equilíbrio emocional, a capacidade de resistência da pessoa e promove sentimentos que fazem surgir o desejo de ajudar os outros, bem como a amizade. Esta pedra é tida como afastando os sentimentos de hostilidade dos outros com quem nos confrontamos, a irritabilidade e a melancolia, substituindo-os por alegria e jovialidade. Arma-se que é também uma pedra que ajuda na transmissão de pensamento (telepatia), contribuindo para a pessoa permanecer aberta e positiva. Esta é uma pedra excelente para as interações de grupo pois ajuda a manter a cooperação e a boa vontade entre os intervenientes, o sentimento de companheirismo e a estabilidade dos relacionamentos em grupo.  É um dos melhores cristais para nos ajudar a ultrapassar sonhos maus ou pesadelos.

Na terapia com cristais, a calcedônia é usada para limpar, considerando-se que é eficaz mesmo em feridas abertas. Ela estimula a lactação nas mulheres a amamentar e incentiva o instinto maternal. Aumenta a força física, sendo usada por alguns terapeutas para reduzir os efeitos da senilidade e da demência. Também é usada para curar problemas nos olhos, na vesícula biliar,nos ossos, baço, sistema circulatório e no sangue. Promove a fraternidade, a boa vontade, traz harmonia à mente e ao corpo, às emoções e ao espírito. Tem a capacidade de absorver e dissipar a energia negativa, evitando transmissões futuras. É  uma pedra de limpeza, especialmente de feridas.  Estimula o leite materno, o sono tranquilo, a autoconfiança e a capacidade de se impor.

Se você colocar uma calcedônia sob seu travesseiro ela ajudará a afastar os pesadelos e lhe proporcionará uma boa e tranquila noite de sono.Ajuda a desenvolver a fala e ajuda a minimizar a gagueira. Você precisa fazer um discurso e está morrendo de vergonha? Use uma joia com calcedônia . Ela afasta a inibição e o nervosismo, além de proporcionar maior concentração e raciocínio.  A força da calcedônia é tamanha que, basta tê-la em suas mãos para que se sinta seus poderes. Ela também proporciona rejuvenescimento da pele, alívio para bronquite, ajuda a eliminar varizes e a curar a febre.

Voltando às cores: A calcedônia adquire propriedades específicas a partir das cores com que se apresenta. Por exemplo :

Azul– Associa-se ao chakra da garganta e, tal como este, ajuda a comunicação, tanto na produção de mensagens como também no ouvir. Estimula e melhora as capacidades ligadas à destreza mental e à comunicação, à aprendizagem e à memória. Estimula a criatividade e a aceitação de novas ideias e situações; encoraja o otimismo e uma visão menos pesada da vida. Na terapia dos cristais, ajuda a aliviar dores de cabeça, a diminuir a pressão arterial e glaucoma.

Rosa- Associa-se ao chakra cardíaco. Ajuda a curar emocionalmente a nossa criança interior e encoraja a bondade, a confiança e a empatia. Leva a ver as coisas através do coração. Estimula o desejo de aprender coisas novas. Ajuda nas desordens psicossomáticas. Suaviza a raiva e toda a energia negativa. Leva ao abandono das defesas excessivas e promove a confiança, a calma e as atitudes positivas.

Vermelha– Associa-se ao chakra da raiz, liga-se ao movimento e à motivação, incentiva a coragem e a segurança, o amor e a vontade de poder. Aumenta a confiança pessoal e a força da pessoa, estimula e dá energia.

Por todas as suas características, a calcedônia merece um lugar especial na sua coleção. Como sempre, não se esqueça de limpar o seu exemplar e de programa-lo. Trinta minutos de exposição à luz ultravioleta ou à cor azul-índigo aumenta sua capacidade de limpeza, por conta disso é uma pedra que devemos manter por perto, pode ser usada num anel, pingente ou fivela de cinto.

FICHA TÉCNICA DA Calcedônia

Chakra: Garganta, Coração, Base

Origem:  Brasil, Namíbia, Índia, Estados Unidos, Áustria, República Checa, Islândia, México, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, Turquia e Rússia

Signo: Sagitário

Dureza: 6,5 – 7  Mohs

Composição:  Silicato de Alumínio e Sódio

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Limpeza de energias negativas
  • Bom humor
  • Dissipa visões de assombração
  • Coragem
  • Comunicação
  • Fraternidade
  • União
  • Telepatia
  • Interação em grupos
  • Companheirismo
  • Dissipa pesadelos

Efeitos terapêuticos:

  • Lactação em mulheres
  • Incentiva o instinto maternal
  • Aumenta a força física
  • Reduz o efeito da demência e senilidade
  • Olhos
  • Baço
  • Ossos
  • Vesícula biliar
  • Sistema circulatório