Ágata Azul e seus significados e propriedades

Ágata Azul e seus significados e propriedades

Antigamente a Ágata Azul era encontrada na região da Sicília (Itália) e até início do século XIX, era minerada na Alemanha, mas essas jazidas se esgotaram.

Atualmente, encontram-se no sul do Brasil e ao norte do Uruguai e são extraídas com a ametista, calcedônia, citrino e coralina.

Há 3.000 anos a ágata já era trabalhada no Egito sob a forma de selos, pedras para anéis, gemas e vasilhas.

Foi utilizada também como amuleto, para proteger do raio e da tempestade.

Na natureza, as ágatas de tom cinza ou marrom são mais frequentes e encontrar uma Ágata no tom azul natural, sem refinamento, é muito, muito difícil.

Por isso a maior parte das Ágatas azuis encontradas no mercado são coloridas artificialmente por diversos tipos de processos que vão desde temperatura, radiação até mesmo com corantes.

Ainda assim a ágata azul não perde seus dons, na verdade ela acaba recebendo novos potenciais pois a cor influencia diretamente na vibração energética do cristal.

Por isso cada cor e tipo de Ágata tem uma função diferente da outra. Afinal, querendo ou não, ao mudar a cor do cristal você está mexendo na estrutura química e física dele.

O cristal Ágata Azul é uma variação do cristal Ágata, e produz sensações de bem-estar, promovendo a paz e a felicidade.

Está associada à cura e através da sua energia confere força e vitalidade a quem a tem junto de si, também contém um forte poder protetor afastando as energias negativas, reforçando os sentimentos de amizade e harmonia.

Sua frequência facilita a comunicação de forma autêntica, sem temor da censura ou julgamento do outro.

Faz com que consigamos nos manifestar com mais firmeza nosso verdadeiro eu, sem se prender à máscaras sociais e conveniências momentâneas, que depois cobram um preço muito alto na saúde.

Por exemplo, quando alguém se submete a uma situação com a qual não concorda, sem se colocar, sem dizer o que sente verdadeiramente (o que sempre pode ser feito de forma delicada, mas firme), existe uma alta probabilidade de se congestionar o chakra laríngeo.

Se esta for uma característica de sua personalidade, podem ocorrer problemas na região da garganta e na tireoide.

A Ágata Azul ajuda a liberar a raiva reprimida, o que afeta também o fígado.

Assim, ela também serve para reequilibrar as energias desse importante órgão.

O uso desta pedra e de sua essência traz ainda maior graça e leveza aos movimentos.

Outras virtudes curativas dela incluem trazer maior objetividade a pessoas que rodeiam muito para resolver as coisas.

Amplia os estados de consciência, facilitando a entrada em estado Alfa para as meditações e libera tensões, principalmente na região do pescoço.

Você pode se beneficiar de suas propriedades usando uma peça de ágata azul, seja no bolso, ou em algum acessório, ou até mesmo a água em que ela foi banhada.

Como atua diretamente sobre o cérebro, a ágata azul é indicada para equilibrar a mente e organizar as ideias, ajudando-nos a encontrar o caminho certo para nós.

Facilita a elevação espiritual e ajuda-nos a alcançar estados mentais mais elevados.

Proporciona a clareza de pensamento e aumentando a intuição, a serenidade e a capacidade de percepção.

Traga este cristal consigo para estar protegido contra invejas, intrigas e boatos.

Com este cristal conseguirá manter o equilíbrio mental e a paz de espírito para seguir em frente com as suas metas, sem se deixar perturbar.

A palavra Ágata significa “boa”, “bondosa”, “pedra do bem”.

O nome foi popularizado através da escritora de romances policiais ingleses, Agatha Christie.

As Ágatas são encontradas no mercado em várias cores produzidas artificialmente, mas as cores naturais são geralmente pálidas e cinzentas.

É importante saber que estes processos de colorização, mesmo não sendo naturais, não diminuem os poderes deste cristal e sim os dão novos potenciais.

As Ágatas são pedras que têm o poder de harmonizar yin e yang, as forças positiva e negativa que mantém o equilíbrio do universo.

Tem grande poder de cura, trabalha com os chakras e age conforme a cor de cada tipo.

Tonifica e revigora o corpo, ajuda a despertar e abrir o seu interior.

Em crianças é usada como proteção.

As Ágatas são encontradas em várias cores, mas as cores naturais são geralmente pálidas e cinzentas. Por meios artificiais adquirem colorações diferentes e tonalidades brilhantes.

A Ágata era usada no Egito como amuleto dos Faraós, servia para proteger dos raios e das tempestades, aplacar a sede e ajudar na verbalização.

Hoje é muito usada na confecção de objetos de arte (cabos de talheres, cinzeiros, bandejas, espátulas, maçanetas de portas), pedra para anel, broches, etc.

Ajuda a harmonizar a existência de quem a usa e induz a um suave relaxamento.

Como outras pedras afinada com a terra, pode favorecer o desempenho sexual, também alivia problemas estomacais e do sistema endócrino.

A dureza na Ágata na escala Moh é de 7, isto significa que a Ágata Azul não consegue ser riscada com agulha, tesoura ou vidro.

Esta dureza é uma das formas de definir a pedra natural.

Além disso, sua lasca pode riscar um vidro de janela.

De acordo com as lendas Árabes a Ágata ajuda a distinguir entre verdadeiros e falsos amigos.

Esta bela pedra é encontrada em todos os cantos do nosso planeta mas é mais famosa no Brasil, Ural, África e Índia. É raro encontrar Ágatas na Austrália e do Canadá.

Primeiro de tudo, lembre-se que a pedra deve ser tratada com respeito e não jogada em qualquer lugar.

É recomendado guardar seus cristais em sacos feitos de tecido natural (algodão, linho ou mesmo o couro são excelentes para a ocasião).

Você pode optar também em uma caixa de madeira.

É um cristal que têm o poder de harmonizar as forças positivas e negativas que mantém o equilíbrio do universo.

Possui grande poder de cura e age conforme a cor de cada tipo.

Tonifica e revigora o corpo, ajuda a despertar e abrir o seu interior.

Em crianças é usada como proteção.

A maioria das ágatas nasce como nódulos em rochas eruptivas, ou antigas lavas, onde preenchem as cavidades produzidas originalmente pela desagregação do vapor na massa derretida, e então preenchido, completamente ou parcialmente, pela matéria silicosa depositada em camadas regulares em cima das paredes.

Tais ágatas, quando cortadas transversalmente, exibem uma sucessão de linhas paralelas.

Frequentemente de extrema tenuidade, dando uma aparência unida à seção, e por isso tais minerais são conhecidas como ágata unida e ágata listrada.

Na formação de uma ágata ordinária, é provável que as águas que contêm sílica dissolvida – derivada, talvez, da decomposição de alguns dos silicatos presentes na própria lava – infiltraram-se através da rocha, depositando um revestimento silicioso no interior das vesículas produzidas por vapor.

As variações no caráter da solução, ou nas condições de deposição, podem causar variações correspondentes nas camadas sucessivas, de modo que as faixas de calcedônia frequentemente alternam com camadas de quartzo cristalino.

Várias vesículas de vapor podem unir-se enquanto a rocha for viscosa, e assim dar forma a uma cavidade grande que possa se transformar em receptáculo de uma ágata de tamanho excepcional; assim um geodo brasileiro, revestido de ametista, pesando 35 toneladas que foi exibido na Exposição de Dusseldorf de 1902.

Muitas ágatas são ocas, uma vez que a deposição não prosseguiu pelo tempo suficiente para encher a cavidade. 

Nesses casos o último depósito consiste geralmente de quartzo, frequentemente ametista, tendo os ápices dos cristais dirigidos para o espaço livre, formando uma cavidade, uma drusa ou um geodo revestido por cristais.

VEJA TAMBÉM:

Ágata 

Ágata Rosa

Ágata de Fogo

FICHA TÉCNICA DA ÁGATA AZUL

Signo: Libra, Aquário, Capricórnio

Chakra: Laríngeo

Elemento: Ar

Vibração: Média / Baixa

Profissão: Publicitários, comunicadores, políticos, oradores, telemarketing

Origem: Brasil , Botswana, Alemanha, Índia, Madagascar, EUA

Dureza: 7 Mohs

Composição química: Sílica SiO2

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Comunicação
  • Foco
  • Organização mental
  • Ensina a se posicionar de forma correta perante as situações
  • Graça e leveza aos movimentos
  • Cura
  • Traz maior objetividade à pessoas que rodeiam muito para resolver as coisas
  • Amplia os estados de consciência
  • Libera tensões

Efeitos terapêuticos:

  • Problemas estomacais
  • Sistema endócrino
  • Estresse
  • Problemas relacionados aos órgãos vocais (laringite, amigdalite, etc…)

Ágata de Fogo e seus significados e propriedades

Ágata de Fogo e seus significados e propriedades

A identificação da Ágata de Fogo é uma questão um tanto complicada e mesmo controvertida, pois algumas pessoas consideram-na um tipo de Cornalina enquanto outras a classificam como Opala.

Provavelmente a confusão é gerada porque, na verdade, a Cornalina e a Ágata de Fogo são ambas membros da família das Calcedônias. Contudo, a Ágata de Fogo tem, realmente, propriedades curativas distintas, e os peritos consideram-na uma pedra especial.

Ela é  encontrada na América do Norte, e surge em tons laranja, marrom, azul ou verde. Talvez o aspecto mais importante dessa pedra seja sua ligação com as energias da terra. O seu uso acalma e faz com que seja excelente para ser utilizada antes da meditação.

A palavra Ágata significa “boa”, “bondosa”, “pedra do bem”. O nome foi popularizado através da escritora de romances policiais ingleses, Agatha Christie. As Ágatas são encontradas no mercado em várias cores produzidas artificialmente, mas as cores naturais são geralmente pálidas e cinzentas. É importante saber que estes processos de colorização, mesmo não sendo naturais, não diminuem os poderes deste cristal e sim os dão novos potenciais.

As Ágatas são pedras que têm o poder de harmonizar yin e yang, as forças positiva e negativa que mantém o equilíbrio do universo. Tem grande poder de cura, trabalha com os chakras e age conforme a cor de cada tipo. Tonifica e revigora o corpo, ajuda a despertar e abrir o seu interior. Em crianças é usada como proteção.

As Ágatas são encontradas em várias cores, mas as cores naturais são geralmente pálidas e cinzentas. Por meios artificiais adquirem colorações diferentes e tonalidades brilhantes.

A Ágata era usada no Egito como amuleto dos Faraós, servia para proteger dos raios e das tempestades, aplacar a sede e ajudar na verbalização. Hoje é muito usada na confecção de objetos de arte (cabos de talheres, cinzeiros, bandejas, espátulas, maçanetas de portas), pedra para anel, broches, etc.

Ajuda a harmonizar a existência de quem a usa e induz a um suave relaxamento. Como outras pedras afinada com a terra, pode favorecer o desempenho sexual, também alivia problemas estomacais e do sistema endócrino.

A ágata de fogo possui uma enorme energia concentrada que pode canalizar de maneira bastante sutil as forças e vibrações que a regem. Por isso é muito interessante quanto a terapias de cura.

Além disso, por trazer sorte aos seus portadores, ela também é muito utilizada em cordões e amuletos de prosperidade.

Suas vibrações atuam junto ao cosmos no sentido de ajudar a resolver todos os problemas relacionados ao amor, auxiliando nas conquistas e na retomada de relacionamentos perdidos.

Este cristal tem importante atuação nas doenças do trato gastrointestinal e além disso, ela fortalece as artérias e protege intimamente o útero, fazendo com que a circulação sanguínea seja melhor distribuída e com isso também melhor aproveitada pelo organismo.

Essa característica ajuda muito quando pensamos na assimilação dos remédios convencionais pelo corpo, já que é melhor absorvido. Este mineral também é muito bom para a saúde da pele.

Os peritos dizem, frequentemente, que as pedras de cor alaranjada são altamente estimulantes e deveriam ser usadas com muito cuidado, em virtude de sua capacidade de trazer à tona problemas ocultos. Com a Ágata-de-Fogo isto pode ser uma vantagem.

Suas emanações terrestres nos ajudam a examinar e lidar com calma e segurança os problemas que se acumulam. Pode ser usada em qualquer parte do corpo, por qualquer período de tempo, e sempre ajudará a suavizar situações difíceis.

A dureza na Ágata na escala Moh é de 7, isto significa que a Ágata-de-Fogo não consegue ser riscada com agulha, tesoura ou vidro. Esta dureza é uma das formas de definir a pedra natural. Além disso, sua lasca pode riscar um vidro de janela.

De acordo com as lendas Árabes a Ágata ajuda a distinguir entre verdadeiros e falsos amigos.

Esta bela pedra é encontrada em todos os cantos do nosso planeta mas é mais famosa no Brasil, Ural, África e Índia. É raro encontrar Ágatas na Austrália e do Canadá.

Primeiro de tudo, lembre-se que a pedra deve ser tratada com respeito e não jogada em qualquer lugar. É recomendado guardar seus cristais em sacos feitos de tecido natural (algodão, linho ou mesmo o couro são excelentes para a ocasião). Você pode optar também em uma caixa de madeira.

É um cristal que têm o poder de harmonizar as forças positivas e negativas que mantém o equilíbrio do universo. Possui grande poder de cura e age conforme a cor de cada tipo. Tonifica e revigora o corpo, ajuda a despertar e abrir o seu interior. Em crianças é usada como proteção.

VEJA TAMBÉM:

Ágata 

Ágata Rosa

Ágata Azul

FICHA TÉCNICA DA ÁGATA DE FOGO

Signo: Áries, Leão, Virgem, Capricórnio e Gêmeos

Chakra: Quarto

Elemento: Fogo

Planeta: Marte

Vibração: Alta

Profissão: Dentistas, oculistas e pessoas que trabalham com cura

Origem: Brasil , Botswana, Alemanha, Índia, Madagascar, EUA

Dureza: 7 Mohs

Composição química: Sílica SiO2

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Induz ao relaxamento
  • Traz a tona os problemas ocultos e os ajuda a resolvê-los com calma
  • Cura
  • Meditação
  • Forte ligação com as energias da Terra
  • Prosperidade
  • Atrai boa sorte
  • Atua na libido
  • Ajuda a resolver situações difíceis
  • Coragem

Efeitos terapêuticos:

  • Problemas estomacais
  • Sistema endócrino
  • Desempenho sexual
  • Protege o útero
  • Circulação sanguínea
  • Pele