Opala e seus significados e propriedades

As opalas são pedras brancas ou leitosas com uma configuração de cores cambiantes internamente. As comuns são opacas, sem um jogo de cores, variando em sombras desde o tom claro até o transparente ou marrom. Note que elas são extremamente sensíveis, e devem ser tratadas com muito cuidado. Contêm até 30% de água e se rachadas, perdem a responsável por sua opalescência.

As opalas são raramente usadas em trabalhos com cristais, exceto para aqueles que desejam intensificar seu estado emocional. Elas facilmente diversificam e distribuem energia e parte da literatura sobre pedras preciosas assegura que aqueles que usam essa pedra têm uma natureza instável.

Se você é dispersivo em pensamentos e ações, uma opala certamente pode reforçar essa tendência, mas se você for do tipo concentrado ela lhe proporcionará olhar para muitos assuntos. As opalas, particularmente as de fogo, são boas para os negócios, apesar de poderem afetar o plexo solar de forma adversa.

As opalas podem intensificar a consciência cósmica, trazer alegria, criatividade e melhorar a intuição, contudo se você se sentir desconfortável com o uso dessa pedra, deve retirá-la. Não é recomendado ser usadas por adolescentes ou em conjunto com outras pedras, o melhor método de uso para elas é no dedo mínimo, o mais longe possível do corpo. Quando usada corretamente, a opala envia amor ampliado do usuário para quem está próximo.

FICHA TÉCNICA DA OPALA

Chakra: Plexo solar

Planeta: Lua

Elemento: Água

Signo: Peixes e Touro

Origem: Austrália, México, Peru, América do Sul, Grã-Bretanha, Canadá, Estados Unidos, Honduras, Eslováquia

Profissão: Dançarinos, Eletricistas e Músicos

Dureza: 5,6 – 6,5 Mohs

Composição:  Óxido de Silício hidratado

  • Intensifica o estado emocional
  • Acumula energia
  • Alegria
  • Criatividade
  • Intuição

Efeitos terapêuticos:

  • Fertilidade
  • Órgãos genitais femininos
  • Cólicas menstruais
  • Olhos