Quartzo Verde (Aventurina) e seus significados e propriedades

Quartzo Verde (Aventurina) e seus significados e propriedades

O quartzo verde (também conhecido como aventurina) é a pedra da cura por excelência, apelidado de “o enfermeiro”. Embora todas as pedras verdes possam ser usadas para este fim curativo, o quartzo verde é considerado como o principal ativador da cura, pois age como estabilizador do tronco do emocional sobre o físico, segurando este impacto e amenizando os prejuízos desta relação quando desequilibrada.

É a pedra que vai cuidar também das relações de simpatia e antipatia entre as pessoas, ou seja, estabiliza também os impactos causados pelos desencontros de magnetismo nos relacionamentos e que podem gerar desestabilizações e mal-estar. Em qualquer caso de doença pode e deve ser usado, principalmente quando não temos um diagnóstico preciso ou quando não sabemos o que fazer, como tratar. O quartzo verde pode ser usado para todo tipo de doenças: mentais, emocionais ou físicas.

É um dos chamados cristais lunares, porque ao longo do dia carrega a energia vital e a noite aciva-se para limpar as energias do corpo físico e energético. O Quartzo Verde é uma pedra da cura e da saúde, propicia recuperação geral e resistência imunológica, traz equilíbrio, calma, centramento, vitalidade e prosperidade atuando principalmente na região do Chakra cardíaco que é o centro emocional e o centro de cura do ser humano (a cor que rege o chakra cardíaco é a verde). Portanto pode ser usado para todo e qualquer tipo de problema de saúde

Geralmente esta pedra é usada como base da terapia com cristais fortalecendo a saúde de uma maneira geral, proporcionando o equilíbrio emocional trazendo força, coragem e disposição. Transmite a energia curativa do verde diretamente para as células afetadas, possibilitando assim uma recuperação mais rápida de qualquer enfermidade. Esta propriedade torna o Quartzo Verde imprescindível como auxiliar de outras pedras no tratamento de todas as enfermidades do corpo físico. Tem uma ligação profunda com o reino vegetal, devendo ser usada para amplificar o efeito de ervas e plantas sobre o corpo humano ativando a energia do coração.

Sua composição é também de Dióxido de Silício, portanto de ação REJUVENESCEDORA, é um grande remineralizante e adstringente que ajuda a evitar inclusive estrias, celulite e flacidez. É bom para ajudar a curar unhas, pele, rugas, queda de cabelo, zumbido, varizes e regularizar o colesterol. Também podemos encontrar silício em alimentos como aveia, cevada, espinafre, beterraba, aspargos, alface, tomate, couve, figo e morango.

Em casa, é melhor que as pedras verdes sejam usadas no banheiro, pois são pedras de cura e lá é lugar de se aliviar inclusive de emoções, certo? Deixamos tudo no banho, por isso é bom que o quartzo verde esteja lá, para curar o ambiente e não deixar sair nada para o resto da casa. A extração do quartzo verde ocorre em montanhas tanto em profundidade como por aclives, geralmente coberto por uma camada de terra que pode ser extensa ou não aflorando o mineral ao solo, com máquinas pesadas se retira a camada de solo e após começa a extração em blocos que após são selecionadas para cada fim específico como por exemplo lapidação de Semi joias.

Embora todas as pedras verdes possam ser usadas para este fim curativo, o Quartzo verde é considerado como o principal ativador da cura, pois age como estabilizador do tronco do emocional sobre o físico,  segurando este impacto e amenizando os prejuízos desta relação quando desequilibrada.  O Quartzo verde é chamado de “o enfermeiro”. É a pedra que vai cuidar também das relações de simpatia e antipatia entre as pessoas, ou seja, estabiliza também os impactos causados pelos desencontros de magnetismo nos relacionamentos e que podem gerar desestabilizações e mal-estar. Em qualquer caso de doença pode e deve ser usado, principalmente quando não temos um diagnóstico preciso ou quando não sabemos o que fazer, como tratar.

Faz uma excelente parceria com a ametista: o Quartzo verde estabiliza a cura, o que quer dizer, elimina a doença se for possível ou a coloca no ponto mais suportável possível, enquanto a ametista joga a pessoa no próximo estágio, que não sabemos o que será, mas será o melhor para o usuário, sem dúvida. É a pedra da cura.Também chamado de aventurina, considerada pedra da coragem, da natureza, do otimismo e do equilíbrio.É uma pedra que tem ligação direta com saúde, que purifica o corpo. Pode representar a cura por exemplo, para insônia, preguiça, stress, ser utilizada no tratamento de câncer e outras doenças.

Resumidamente o quartzo verde é conhecido pela sua força dinâmica para acalmar, curar e equilibrar. É um cristal para ser utilizado no chakra do coração. A cor verde é calmante, desinfetante e desintoxicante, recomendada nas paredes de escolas, hospitais, casas de saúdes, e até mesmo nos vitrais de banheiros. Colocado sobre a altura do coração, acalma o coração, aliviando o stress, trazendo assim equilíbrio para o organismo, devolvendo o ritmo cardíaco, levando-nos paz mental e espiritual. Pode ser utilizado também no Plexo Solar, trazendo assim uma ação desintoxicante para o organismo, absorvendo as energias pesadas que adquirimos ao longo do dia.

Além da saúde, também é utilizado para atrair dinheiro, bons negócios, e sorte nos jogos. A Aventurina diminui perturbações psicossomáticas e medos. O efeito calmante sobre os nervos traz alegria e levanta a moral. Na meditação, ela é apreciada devido ao reconhecimento de bloqueios profundos e das perturbações psicossomáticas. Aumenta a resistência, paciência, equilíbrio emocional, sono e sensação de bem-estar. No corpo físico atua especialmente sobre a pele, favorecendo a cura de alergias cutâneas. Atua também contra a queda de cabelo, caspa e problemas capilares em geral. Recomenda-se colocar a Aventurina à noite dentro de água e limpar os cabelos ou a pele doente. Acalma a irritação dos olhos e pode ser empregada como complemento do banho para sensação geral de bem-estar.

FICHA TÉCNICA DO Quartzo Verde 

Signo: Touro, Libra, Câncer, Virgem

Chakra: Coração e Plexo Solar

Planeta: Vênus e Mercúrio

Mês: Agosto

Profissão: Jardineiros, Terapeutas, Botânicos, Cantores, Comunicadores, Enfermeiros, Médicos, Terapeutas, Cirurgiões

Origem: Itália, Brasil, Índia, Rússia, Tibete, Nepal

Dureza: 6,5 — 7 Mohs

Composição química: Dióxido de Silício

Efeitos esotéricos e psíquicos:

  • Cura física, mental e espiritual
  • Diminui perturbações psicossomáticas e medos
  • Melhora a saúde e o vigor
  • Resistência
  • Paciência
  • Equilíbrio emocional
  • Sono
  • Bem-estar
  • Tranquilidade
  • Alivia o stress
  • Ajuda no crescimento e desenvolvimento de plantas e jardins

Efeitos terapêuticos:

  • Auxilia na cura de todos os tipos de doenças e perturbações
  • Alergia cutâneas
  • Queda de cabelo, caspa e problemas capilares em geral
  • Irritação dos olhos
  • Desintoxicação do organismo
  • Ação rejuvenecedora
  • Evita estrias, celulite e flacide
  • Ajuda a reduzir rugas, queda de cabelo, zumbido, varizes
  • Ajuda a regularizar o colesterol
  • Insônia

ATENÇÃO:

  • Recomenda-se colocar a aventurina à noite dentro de água e limpar os cabelos ou a pele doente
  • Pode ser empregada como complemento do banho para sensação geral de bem-estar